sexta-feira, 23 de novembro de 2007

Dela

nunca é já para se ter saudades...
sempre é tarde
mesmo que seja noitinha

3 comentários:

Thaís disse...

Mas ela é toda colorida, toda delicadeza...
Suave, suave!

Manu (manu_f_neves@hotmail.com) disse...

Olá... Estava no orkut na sua comunidade e achei o endereço para o blog... Resolvi dar uma olhada e me surpreendi ainda mais do que já estava! Fiz questão de deixar a minha timidez de lado e fazer esse comentário... Ao ler “A livraria da esquina”, ficou difícil escolher o meu conto favorito: todos são tão lindos!! E agora, lendo o seu blog, descobri que tudo o que você escreve é sim tocante! Só queria agradecer por dividir as maravilhas que você escreve com todos e te parabenizar... Realmente me tornei uma fã de carteirinha! Continue escrevendo cada vez mais e mais...!! Um abraço (se me permite)!

Eliza (borboletas rs) disse...

...lindo...lindo!!!! (cabe tbm em tudo que ja li aqui)

Eliza Serra