sexta-feira, 20 de abril de 2007


Desce do paraíso para a terra dos vivos
ela bradou ao findar do dia,
desce e te aconchega no meu colo
só assim eu serei livre

2 comentários:

Thaís disse...

Doce Gotejo...

Vanise disse...

Adorei!
Mas eu me perco nessa liberdade-gaiola.